02 March 2011

The Girl's Guide to Growing Your Own :: Book Review



Março é a altura ideal para começar a pensar em jardinagem. Desenganem-se aqueles que acham que só pode jardinar quem tem um jardim - qualquer pessoa com um pátio, terraço, varanda ou parapeitos de janela pode ter plantas e cultivar flores, ervas aromáticas e até alguns frutos e vegetais.

Mas como começar? Eu pertenço a uma geração urbana e pouco informada nestes assuntos de sementes, composto, rega e afins; para além disso, as mulheres da minha idade têm pouco tempo e não estão especialmente interessadas em passear-se com terra debaixo das unhas. Quem é que nos pode ensinar o básico de uma forma despretensiosa, didática e divertida? Uma boa candidata é a Alex Mitchell com o seu The Girl's Guide to Growing Your Own.

March is the ideal time to start thinking about gardening. Those who think that only the people with gardens can garden couldn't be more wrong - anyone with a patio, balcony or windowsills can have a go at growing flowers, herbs and even some fruit and vegetables.

But where and how to start? I belong to an urban generation that knows little about these matters of seeds, compost, watering and the like; in addition to this, women my age are busy and not particularly interested in walking around with soil under their fingernails. Who can teach us the basics in a fun, unpretentious, simple way? Well, a good candidate is Alex Mitchell and her The Girl's Guide to Growing Your Own.


Este é um livro acessível, claramente direccionado para mulheres na casa dos 20 e dos 30 que querem cultivar plantas comestíveis. Não assume que toda a gente tem um jardim enorme, uma estufa a sério e um orçamento ilimitado. Apesar de ser dirigido a principiantes, o discurso não é minimamente paternalista - o jargão é dismistificado e os possíveis contratempos levados em conta. O livro está dividido em estações, com alguns capítulos extras com ideias para receber amigos e conselhos para lidar com pestes. Há instruções para cultivar em vasos e na terra e todas as tarefas têm a indicação de quanto tempo demoram, assim como o seu grau de dificuldade. Graficamente,  o livro é extremamente apelativo, com desenhos frescos e boas fotografias, e sem ser demasiado cor-de-rosa ou enjoativamente feminino. 

Apenas uma observação para o público português: à semelhança de todos os livros britânicos, este livro parte do princípio que as leitoras vivem num clima frio e húmido. Quem o quiser usar no sul da Europa - ou em qualquer outro clima quente e seco - terá de fazer as correspondentes adaptações (semear mais cedo, regar com maior frequência, etc).

This is an accessible book which is clearly targeted to 20- and 30-something women who wish to grow some produce. It doesn't assume that everyone has a big garden, a proper greenhouse and a huge budget. Despite being directed to beginners, Alex's speech isn't patronising at all - in fact, gardening jargon is demystified (things like "double-digging", "well-rotted manure", "crocks" and "chitting potatoes" are explained) and possible setbacks are taken into account. The book is organised into seasons, with some extra chapters dedicated to entertaining and tips to dealing with pests. There are instructions for growing things both in pots and in the ground and Alex tells us how easy or difficult every task is, as well as how long it will take to be achieved. Graphically speaking, this book is extremely appealing, with fresh illustrations and good photos, without being too pink and twee.

Just a note concerning non-UK residents: like all British books, this book takes for granted that you live in a cold, damp climate. Whoever wants to use it in southern Europe - or another hot, dry climate - will have to make the necessary adjustments (sow earlier, water more regularly, etc).




The Girl's Guide to Growing Your Own pode ser comprado aqui com um desconto de 20%: basta inserir o código Saidos (válido até 1 de Setembro de 2011). Os portes para o Reino Unido são de graça. Quem tiver curiosidade em relação ao jardim que a Alex tem em Londres, pode espreitar este vídeo.

The Girl's Guide to Growing Your Own can be bought here with a 20% discount: just enter the code Saidos at checkout (valid until 1st September 2011). Shipping is free within the UK. If you're curious about Alex's kitchen garden in London, take a look here.

(photos: Constança Cabral)

13 comments:

  1. Em Portugal temos sempre o famoso «Borda d'Água»!!! :-)
    Eu tb sou daquelas que tenho «o meu jardim», num parapeito de um apartamento em Lisboa! :-)

    ReplyDelete
  2. Que maravilha! ai seu eu tivesse um quintal! :D

    ReplyDelete
  3. Acho que encontrei finalmente a solução para mim! E eu que pensava que iria ficar rotulada de "matadora oficial de plantas" para o resto da minha vida! Tenho imensa vontade de cultivar, nem que seja só umas ervinhas aromáticas no parapeito da janela, mas nunca consigo que durem nada.....mas agora que li o teu post fiquei bem mais inspirada: há esperança! Um beijinho e obrigada!

    ReplyDelete
  4. Não podes mudar a idade de 20-30 anos para 40? ;) Aqui nem ao longe cheira a primavera... :(

    ReplyDelete
  5. Obrigada Constança pela preciosa dica! Será que encontro o livro na fnac? Boa semana*

    ReplyDelete
  6. Sem querer está a ser metediça, o livro existe na Book Depository mais barato e com portes gratuitos não só para o UK como para PT, a BE, o mundo em geral.
    http://www.bookdepository.co.uk/book/9781847735102/The-Girls-Guide-to-Growing-Your-Own

    Eu tenho um mini-jardim, este ano vou dedicar-me inteiramente a flores e plantas para usar em mel e cosméticos: calêndula, alfazema, tomilho, etc. Constança, as tuas fotos o ano passado foram uma inspiração.

    ReplyDelete
  7. Já lá vai o tempo em que ter um jardim e/ou uma horta deixava terra debaixo das unhas. Hoje em dia há uma nova geração que deixou a cidade para trás e foi viver para o campo (pertenço a essa geração). Andamos pelo campo com "fones" nos ouvidos, em cima de arvores, usamos a rede para partilhar ideias e depois do trabalho feito, passamos despercebidas a passear numa rua de Lisboa.
    Como diz a dona do blog desde "que uma pessoa se esforce minimamente e tenha acesso a bons materiais, tudo é possível"
    Boa continuação
    Ana Mourão

    ReplyDelete
  8. Constança, fiz referência ao seu blog, no meu.
    Espero que não se importe.
    Descobri por acaso o seu blog, ao pesquisar o blog da Sofia Pinheiro designer da revista Casa Cláudia. E devo-lhe dizer que estou a adorar!
    Também eu saí de portugal á pouco tempo para vir encontrar refúgio, numa zona rural, no entanto no Luxemburgo.
    Vou continuar a seguir com interesse!
    bjs

    ReplyDelete
  9. This comment has been removed by a blog administrator.

    ReplyDelete
  10. her garden looks and feels amazing! I have lots of gardening books but this one looks very interesting and fun. I have place an order for it (thank you for the discount code). your flowers look amazing and i love the blue baking tin with flowers in it x

    ReplyDelete

Thanks for your comment; do come again soon!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...