18 March 2013

Livros Infantis :: Children's Books







Não consigo resistir a livros infantis antigos. Alguns compro pelo título — ou porque o li quando era pequena ou porque já ouvi falar muito nele —, outros apenas pelas ilustrações. Ultimamente então tenho comprado imensos. Alguns são tão giros que tenho pena que estejam fechados e arrumados numa estante — foi então que pensei que teria graça ir partilhando convosco algumas páginas desses livros.  

Este cujas fotografias vos mostro hoje está em mau estado (lombada descolada, algumas páginas riscadas) mas tem desenhos absolutamente encantadores. Chama-se Farmyard Tales e após uma breve pesquisa pelo nome do ilustrador, Gustaf Tenggren, descobri que ele trabalhou para os estúdios Disney e para os Little Golden Books. Agora que sei mais sobre o ilustrador, tenho pena que não tenhamos tirado mais fotografias do interior do livro!

E vocês, há algum livro infantil que tenha ficado na vossa memória sobretudo pelas ilustrações?


I can't resist old children's books. Some I buy for the title — either because I read it when I was little or because I've heard so much about it —, others I buy only for the drawings. I was thinking that some of those books are too cute to be closed and put away on a shelf — that's when it occurred to me that maybe you'd enjoy having a peek of what's inside.

This one I'm showing you today was bought for the illustrations alone. It's called Farmyard Tales and it's in pretty bad condition... however, the drawings are absolutely delightful. I've looked up the illustrator's name — Gustaf Tenggren — and found out that he worked for Disney and for the Little Golden Books. Now that I know more about him I wish we'd taken more photos of the book!

What about you — is there any particular book from your childhood that you remember especially because of its drawings?

(photos: Tiago Cabral)

26 comments:

  1. As ilustrações dos livros da ANITA fizeram-me sonhar em criança e agora ao partilhá-los com a minha filha, têm ainda mais magia.

    ReplyDelete
  2. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  3. Fábulas de la Fontaine! Adoro e ainda hoje leio.

    ReplyDelete
  4. Os livros da Anita, claro, mas também os livros da colecção Verbo Infantil (uns brancos, pequenos, com títulos como "Maria Maçã" ou "história do aviãozinho vermelho"), cujas ilustrações eram a preto e branco, feitas por diversos autores, mas todas muito giras.
    E lembro-me das ilustrações maravilhosas de uma edição de "As mil e uma noites" que ofereceram a uma das minhas irmãs. Adorava esse livro!
    Mais recentemente, destaco as ilustrações de um livro chamado "quando a mãe ralha", que a minha irmãzinha mais nova recebeu. Uma delícia!

    ReplyDelete
  5. Não dispenso Benjamin Rabier porque eram as ilustrações do tempo dos meus pais e ele marcou-me muito. Da minha geração, Alain Grée (ilustrações e textos) cujo livros partilho com as minhas filhas.
    Mas tenho um livro rabiscado, de capa rasgada que não está na estante das minhas filhas, o meu livro preferido, que tanto me fiz sonhar "Le merveilleux chef-d'oeuvre de Séraphin" com ilustrações de Philippe Fix e texto de Alain Grée. Beijinhos:)

    ReplyDelete
  6. Compreendo-te perfeitamente; Ainda hoje dou por mim a comprar livros infantis e a ir buscar os meus antigos; Havia muitos de que gostava, o bolinha, a anita, e muitos outros dos quais não me recordo de momento do nome!
    Beijinhos *(:

    ReplyDelete
  7. Constança, que livros lindos!
    Da minha infância, me lembro de um que ganhei da minha melhor amiga, quando nós tínhamos dez anos. Mantive o livro, e, durante muito tempo, também foi um dos favoritos da minha filha Heloísa. O livro se chama "O frio pode ser quente?", de Jandira Masur & Michele, e mostra de forma criativa e inteligente que tudo no mundo é relativo! Achei um link para a capa: http://3.bp.blogspot.com/_sukoDV5KQ8A/SPJD6PdGMsI/AAAAAAAAANk/bH-M8gIZyxY/s400/o+frio+pode+ser+quente.jpg
    Beijos,
    Helena

    ReplyDelete
  8. Too many to name - LOL! I was the youngest of five children, and we all learned to read before we started school at 5, so by the time I came along, I "inherited" the libraries of all four older siblings. I read the same books over and over and over again, and traveled miles in the drawings...bliss! :)

    ReplyDelete
  9. 'A Grande Viagem da Fada Miranda' (Verbo), de Ruthanna Long. Acho que o título no original é 'Witches, Ghosts and Goblins'. A edição que eu tenho é dos anos 70, sei que já há uma mais recente, mas acho as ilustrações da minha maravilhosas. Além dos livros da Anita, claro, também sempre gostei das (poucas)ilustrações das colecções da Enid Blyton, e dos livros da Verbo Juvenil...
    Adoro revê-los e relê-los!
    Um beijinho,
    Marta (Leça)

    ReplyDelete
  10. O livro 'Frederico' de Leo Lionni, tem umas ilustrações lindas, todas feitas a partir de colagens e a história é linda. Ainda hoje, em adulta, com a minha mãe, dizemos algumas frases do livro.

    Beijinho!
    Sara www.infanta.blog.pt

    ReplyDelete
  11. Eu nunca tive livros da Anita, mas tinha da colecção Formigguinha, que pelo meio tinham uma ou duas ilustrações a preto e branco. Ainda hoje recordo a ilustração da história do Rouxinol e o Imperador. Eram muito simples mas ficaram-me na memória!

    Quando era miúda decidi guardar os livros que tinha, e há coisa de um ano fui buscá-la à arrecadação onde estavam guardados.

    ReplyDelete
  12. Ontem e hoje a coleção da Anita continuam a encantar-me. A minha infância ficou marcada por aquele universo. Agora são das minhas filhas e elas também gostam. Mas parece que atualmente não é "politicamente correto" dizer que se gosta da Anita, porque ela é "burguesa"! Não tou nem aí ;)
    Obrigada pela partilha.
    Beijinho
    Guida

    ReplyDelete
  13. as ilustrações da Beatrix Potter ♥

    ReplyDelete
  14. Olá Constança! Eu adoro livros infantis ilustrados. O meu preferido de miúda é o Monstro Cativo que conta uma história do monstro do Lago Ness e tem umas aguarelas lindíssimas (que ainda hoje me fazem sonhar). Algumas ilustrações estão aqui: http://thelittlecreatures.wordpress.com/2012/09/25/the-monster-in-the-loch-o-monstro-cativo/.
    Beijinhos e parabéns pelo blogue!

    ReplyDelete
  15. Infelizmente em pequena não tinha livros a não ser os da escola, com 7 irmãos não havia dinheiro para esses "luxos". Quando comecei a trabalhar aos 16 anos começou a minha paixão pela leitura e que tento transmitir à minha filha.
    A minha Concha tem imensos livros mas os seus e meus preferidos são: A Lagartinha muito comilona de Eric Carle e Um grande Sonho de Filipe de Filipe Ugalde. Bjs

    ReplyDelete
  16. Até hoje, adoro, adoro os Livros da Anita. Tenho vários e espero comprar outros para a minha filha. As ilustrações são uma maravilha! Depois, mais velha, adorei os livros da Condessa de Segur (e muitos outros pois sempre adorei ler!)

    ReplyDelete
  17. Fui ao baú buscar livros para o meu filho de 2 anos. Eu e a minha irmã temos um cheio de livros, também trouxe de lá alguns da minha mãe!
    Adoro ler as minhas histórias preferidas ao Zé Pedro!

    ReplyDelete
  18. Pois eu guardo na memória os livros da Condessa de Ségur, com as divertidas histórias de Sofia e as maravilhosas ilustrações que a acompanhavam. Lembro-me particularmente de «Os Desastres de Sofia» e de «As Meninas Exemplares».

    ReplyDelete
  19. I'm in love with the illustrations from Stephane Jorish. It's not from my childhood, but even if i'm 32 years old, I can't resist to buy some of his books, just for the beautiful watercolors and drawings.

    ReplyDelete
  20. Gostava imenso dos livros da Anita, dos Livros do Noddy já mais velhinhos porque eram também da minha mãe, umas colecções em banda desenhada da Heidi também da minha mãe, e os livros da menina que usava jardineiras com remendos, mas dos quais não me lembro do autor =P.

    Bjinhos **

    ReplyDelete
  21. Sou suspeita... professora/hora do conto/miúdos curiosos... adoro livros infantis e hoje há livros com ilustrações deliciosas!!! Com técnicas mistas ou simplesmente com traços rápidos e monocromáticos. Adoro quando no fim do ano lectivo me dizem que sobrou dinheiro e que tenho de o gastar! Normalmente é em livros ou jogos didácticos.
    Em miúda era muito princesa e não largava o livro d'A Princesa e a ervilha. Passava que tempos a admirar os vestidos das princesas que apareciam na história! Queria fazê-los todos para mim! Já faço alguns mas não tão volumosos!!!

    ReplyDelete
  22. Meu pé de laranja lima. Odiei quando li. Acho que ainda odeio. Mas marcou a minha infância.

    ReplyDelete
  23. pelas ilustrações, os incontornáveis Anita. pelos textos, Enid Blyton, e em português a dupla Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada mas não a coleção Uma Aventura e sim a das Viagens no Tempo.
    apercebi-me recentemente, por ser mãe de uma "leitora" voraz desde os 4 meses hehehe e também por estar ligada ao meio profissionalmente, que existem novas versoes destes livros, com ilustrações mais "modernas" e o texto também adaptadado ("empobrecido" seria uma palavra mais adequada) aos dias de hoje, pelo que terei de procurar em alfabarrabistas as versoes que eu li, visto que doei todos os meus livros.
    neste momento, o livro preferido da minha filha é "Presos", de Oliver Jeffers, também já introduzi o "Perdido e Achado" e o "Sobe e Desce", do mesmo autor (este ultimo o mais fraco dos 3 na minha opiniao). Ela gosta tanto do "presos" que fala dele a toda a gente. Diz, para meu orgulho: "todos pesos na avle"

    ReplyDelete

Thanks for your comment; do come again soon!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...