07 February 2009

Em busca de portas :: In the lookout for doors



-
Hoje finalmente o sol raiou. Como temi que fosse sol de pouca dura (literalmente), lancei-me, logo de manhã, em busca de portas para fotografar as minhas mais recentes malas. Ando sempre atenta às portas dos prédios e tenho um caderno onde vou escrevendo a sua localização e respectivas cores. Gosto de portas de madeira em prédios até 1920; a partir dessa altura, as portas passam a ser em ferro e, apesar de algumas serem fabulosas, não se prestam tão bem a este tipo de fotografias.
-
Today the sun shone at last. I couldn't afford to miss this chance so I went looking for attractive doors first thing in the morning. I always keep my eyes open for building doors and I have a notebook where I write down my favourites, their colour and location. I prefer wooden doors in buildings up to 1920; from that decade onwards doors tend to be made out of metal and, although some of them look fab, they just don't work as well for this kind of photos.
-



-
Uma das portas estava aberta e entrei. No átrio, deparei-me com traço antigos, claro, e uns azulejos daqueles que de tão feios se tornam únicos e... uhm... giros. Talvez porque já se tenham passado tantos anos desde o seu fabrico e por serem tão kitsch. O que é certo é que se revelaram o cenário ideal para a mais excessiva das minhas carteiras, feita com um exuberante tecido tradicional chinês que comprei em Nova Iorque. Vim para casa toda contente com tanto potencial ao virar da esquina, e pus as malas na loja.
-
One of those doors happend to be open and I stepped inside. In the entryway I stumbled across old features, of course, and tiles so ugly that they are unique and... uhm... cute. Maybe because it's been a while since they were made and because thay are just so kitsch. Thruth is they were the perfect scenario for shooting my most excessive bag, made with an exuberant traditional Chinese print I bought in NYC. I came home excited with so much potential just around the corner, and I listed the bags in my shop.
-




(images: Constança Cabral)


14 comments:

  1. hi! i came across your blog and your work is amazing. you are so talented and creative. i am a rookie at sewing and i hope to get better and better!! blogs like yours definitely keep me inspired!

    ReplyDelete
  2. que bonito e que saudades me fazes de portugal.

    ReplyDelete
  3. Que perfeição! Ficam ainda mais lindas com esse cenário :)*

    ReplyDelete
  4. Concha,o seu trabalho,apesar de não ser original, é relativamente bem concebido,a ideia de fotografar peças em ambientes antigos também não é original.
    Mas, dizer que azulejos Arte Nova, são feios e kitch, é de mais.
    Cada um tem direito à sua opinião,você tem a sua e claro eu tenho a minha, mas como dizia o outro:"não havia necessidade".

    A azulejaria portuguesa foi das melhores indústrias que Portugal teve, e que se perdeu,há dias numa reportagem da SIC,lamentava-se os actos de vandalismo que os azulejos de Lisboa estão a ser alvo, e os preços astronómicos que os mesmos alcançam no mercado negro.

    A.M.

    ReplyDelete
  5. Cara A.M.,

    Na minha opinião, o valor estético de um objecto, para além de não ser absoluto, é independente do seu valor histórico ou mesmo artístico.

    Aprecio azulejos mas, de facto, não gosto especialmente destes. No entanto, nunca defendi que, por alguém os achar feios, mereçam ser objecto de destruição.

    Bom fim-de-semana,

    Constança

    ReplyDelete
  6. The doors are so cool! And the purses are beautiful! Great Job!

    ReplyDelete
  7. Gostei imenso das malas :)

    Os tecidos são muito bonitos.

    Bjs
    AnaP

    ReplyDelete
  8. ... ... haverá coincidências? :) www.aportadozacarias.blogspot.com

    ReplyDelete
  9. Cara A.M.,

    Críticas negativas, quando fundamentadas, são um óptimo estímulo para que a Concha progrida.

    Comentários negativos, sem recurso à razão, mas com uma pitada de humor ou de ironia, são excelentes companheiros para uma tarde de riso e gozo.

    Opiniões destrutivas, a dar ares de quem se acha uma nova Coco Chanel, são boas para pobres de espírito.

    ("apesar de não ser original"; "relativamente bem concebido" - expressões arrogantes da nova Chanel que nem sabe dar exemplos concretos.)

    Tenha um bom tailleur, sim?

    ReplyDelete
  10. Olá Ângela!

    Que engraçado! Gostamos as duas de portas! :)

    ReplyDelete
  11. Olá Constança,

    Adorei as malas, os tecidos, e o enquadramento das fotos, melancólico, e elegante!

    Beijinhos

    ReplyDelete
  12. Oh! I do love the colour combo on that bag. I'll borrow that idea and see if I can use it in my making of childrens clothes.

    ReplyDelete
  13. oi constanca!
    meu nome e leila, eu moro na alemanha. e fiquei bem encantado com a sua bolsa, é linda. mas na verdade e q estou um tempao procurando este tecido, eu ate procurei no brasil, pois ele é bem tipico la, mas esta em falta. sera q vc poderia m informar aonde poderia compra-lo.
    ficaria muito grata.

    ReplyDelete

Thanks for your comment; do come again soon!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...