21 June 2011

Queques à Portuguesa :: Muffins the Portuguese Way




No Verão passado encontrei umas receitas numa gaveta em casa dos meus avós. Houve uma receita em especial que me chamou a atenção e copiei-a para a experimentar um dia: queques à maneira da minha bisavó. Segui escrupulosamente a lista de ingredientes mas confesso que alterei completamente o método (envolver o açúcar com a farinha e só depois bater os ovos, a manteiga, o leite e o fermento? não me parece). Só vos digo que ficaram queques dignos de pastelaria! Melhores, só naquelas formas recortadas! Eis a receita adaptada por mim:

1/2 kg de açúcar
1/2 kg de farinha
1 colher de chá de fermento
1 dúzia de ovos
300 g de manteiga derretida
3 dl de leite

Ligar o forno a 180ºC. Bater muito bem o açúcar com a manteiga derretida, até a mistura ficar branca e leve. Juntar os ovos um a um e ir batendo. Juntar o leite e bater. Juntar a farinha peneirada com o fermento e envolver apenas. Deitar a massa em formas de queque e pôr no forno até os queques  estarem cozidos. Todos os fornos são diferentes por isso não vale a pena dar indicações de tempo, mas quando a cozinha começar a cheirar a bolo, o melhor é ir testando a cozedura de tempos a tempos (eu uso uma faca, mas pessoas mais delicadas preferem um palito). Não deixar cozer demasiado, caso contrário os queques ficam sequíssimos.

Acho graça a estas receitas bem portuguesas que usam sem pudor meio quilo de açúcar e uma dúzia de ovos. Esta receita deu-me para 21 queques grandes, mas obviamente que pode ser dividida. Mas por que não fazê-los todos e levá-los para a praia para toda a família?

Last summer I found some recipes inside a drawer at my grandparents' house. There was one in particular that caught my attention and I copied it so I could try it later: my great-grandmother's recipe for muffins ("queques" in Portuguese). I followed scrupulously the list of ingredients but I confess I completely altered the method (mix the sugar and the flour and only then beat in the eggs, butter, milk and baking powder? I don't think so). Let me just say the muffins turned out fine! They almost taste like the ones you find at good "pastelarias". Here's my adaptation of the recipe:


1/2 kg caster sugar
1/2 kg plain flour
1 teaspoon baking powder
12 eggs
300 g melted butter
300 ml milk

Preheat the oven to 180ºC. Cream the melted butter and sugar together until pale and soft. Add eggs, one at a time, beating them until fully incorporated. Add milk and beat again. Fold in the flour and baking powder, being careful not to overmix. Pour the mixture into muffin paper cases and bake until a knife comes out clean (more delicate people prefer to use a cocktail stick or a cake tester). Given that all ovens are different, I think it's useless to give you time indications; however, when the kitchen starts smelling like cake start testing. Do not overbake or else the muffins will be too dry.

I like these very Portuguese recipes that aren't afraid of using half a kilo of sugar and a dozen eggs. This recipe gave me 21 large muffins but you can half it if that seems too daunting. But why not make them all and take them to the beach to feed all the family?

(photos: Tiago Cabral)

39 comments:

  1. Por favor, podias explicar como se faz essas "caixinhas de papel"?
    Obrigada

    ReplyDelete
  2. Olá Ângela,

    Eu comprei-as numa loja de artigos de cozinha mas imagino que baste pôr um quadrado relativamente de papel vegetal em cada forma e empurrá-lo para o fundo, fazendo força para que fique vincado. Talvez funcione!

    ReplyDelete
  3. They look so delicious that I can not wait for try this recipe..
    Bon appetit!

    ReplyDelete
  4. Fazem crescer água na boca só de ver!!! Têm um apecto delicioso.

    ReplyDelete
  5. Sim só os portugueses para usarem e abusarem de ovos e açucar! Mas é tão bommmmm :P

    ReplyDelete
  6. Obrigado por divulgar Portugal tão bem:)

    ReplyDelete
  7. até já se sente o cheiro aqui na baixa do Porto!! Estão tal e qual os das nossas boas confeitarias....

    ReplyDelete
  8. Com um cafezinho, agora mesmo sabia tão bem!!

    ReplyDelete
  9. Ai que delicia!
    Fazem lembrar-me os queques que se comem na Pastelaria Casa Avó Gama (em Torres Vedras e na Ericeira), receita da Avó Gama, que eu os devorava quentinhos a sair do forno quando lá trabalhava...
    Vou experimentar esta receita! Ai vou vou!

    ReplyDelete
  10. Yum, could I have one, please? ;-)
    It is an excellent idea, I will try them this week-end for our "goûter".

    ReplyDelete
  11. These look fantastic, thanks for the recipe!

    ReplyDelete
  12. I am going to try these and I also have a question about the papers. It might sound silly but have never seen muffins in papers like these, and wonder if you could you please describe how to make/fold them or suggest a link for this.

    ReplyDelete
  13. Que aspecto.Hummmm!Acho que vou experimentar e levar para o pessoal na praia já no próximo feriado :)
    Bjs

    ReplyDelete
  14. Estão mesmo com um aspecto delicioso, vou experimentar a sua receita de certeza para matar saudades de Portugal. Depois posso mandar-lhe uns papeis lindos para esses queques perfeitos, quase como os magníficos tecidos que tem ai :)

    ReplyDelete
  15. Lindos que delicia, ficaram com uma cor linda

    ReplyDelete
  16. Simply mouthwatering : ) And they rised a lot... thank you very much for sharing.

    ReplyDelete
  17. Um post destes à hora do almoço é um pecado :)

    ReplyDelete
  18. que ricos! en España se llaman madalenas o magdalenas

    ReplyDelete
  19. Hummm... que optimo aspecto!!
    Tenho que experimentar!
    bjs

    ReplyDelete
  20. Olá vou tentar fazer os queques (nunca tinha ouvido falar)...

    ReplyDelete
  21. olá
    juro que fiz tudo certinho e o sabor ficou óptimo mas não ficaram com esse aspecto apetitoso e torrado.Ficaram mais para o deslavado.
    É suposto pôr o tabuleiro no meio do forno, ou não?
    Bjs

    ReplyDelete
  22. Olá Rose,

    O seu forno tem calor circulante? Ou só aquece na placa de cima ou de baixo? Pode ter a ver com isso o facto de não terem ficado tostados...

    ReplyDelete
  23. Olá, Concha
    Muito apetitosa e atraente essa receita de muffins - ou queques (este nome é bem mais bonitinho que o inglês). Só fiquei com uma dúvida na receita: quando você diz para usar 3 dl de leite, que quantia é exatamente esta? Aqui no Brasil não costumo ver a medida dl (decilitros, não?) nas receitas.
    Parabéns pelo blog e boa sorte!
    Um beijo
    Ana Flores - Rio de Janeiro

    ReplyDelete
  24. Olá Ana,

    3 dl = 300 ml.

    Bons cozinhados!

    ReplyDelete
  25. Valeu, Concha! Assim vou aprendendo e me acostumando às medidas d´além-mar...
    Beijo

    ReplyDelete
  26. Nessa receita não entendi o que o
    o "dl" de 3 dl de leite.

    ReplyDelete
  27. Estes queques são realmente deliciosos, tão deliciosos quanto parecem! Iniciei-me agora na arte de fazer queques, e mal vi a receita corri a experimentar! cozi-os dentro de formas coloridas, ficaram muito giros!
    Aproveito esta oportunidade para lhe dar os parabéns pelo o blog tão inspirador!

    ReplyDelete
  28. Pois que vou-me render ao facto de não saber fazer queques... :( já é a segunda receita que faço e de sabor são uma maravilha mas não ficam fofos... ficam densos.. Pronto... não há-de ser nada... mas teria adorado que os meus tivessem ficado assim como estes.. :)
    bjs

    ReplyDelete
  29. Olá, desculpem a minha ignorancia mas que medida é 1/2 kg de farinha? são 500grs?
    Obrigada

    ReplyDelete
  30. I think you meant to say softened butter and not melted butter. I just wasted a lot of food.

    ReplyDelete
  31. Isso parece mais rico do que tudo isso, eu espero que aconteça tão rica como esta, se eu faço, mas por agora deixo para quem sabe, eu acho que de qualquer maneira preifero primeiro ir comer um pouco de carne para a a figueira rubaiyat

    ReplyDelete
  32. Quando vi as fotos pensei, tenho que fazer estes bolinhos e se bem pensei melhor o fiz, mas, infelizmente algo correu mal e ficaram tipo queijadas no interior. Terá sido por a manteiga estar quente? também reparei que a massa fica excessivamente liquida, é mesmo assim? os ovos são inteiros? Gostava mesmo de saber o que correu mal, porque não queria desisitir já deles.
    Obrigada.

    ReplyDelete
  33. Olá! Também sempre torci o nariz às receitas que juntam o açúcar e a farinha logo no início (sempre me ensinaram que não se bate a farinha...) mas há uns anos lá me explicaram que o juntar a farinha com o açúcar impede a formação de grumos.

    Parabéns pelos queques!

    ReplyDelete

Thanks for your comment; do come again soon!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...