07 November 2012

Sol no Jardim :: Sun in the Garden






Nesta altura do ano — e neste país —, todos os minutos de sol são para aproveitar. Ontem o Rodrigo e eu estivemos a apanhar ar no jardim: verificámos o progresso do marmeleiro (que o Tiago e eu plantámos há dois anos e que ainda não nos deu um único marmelo...), sentimos os picos das folhas do azevinho, contemplámos a vista e o silêncio, brincámos com uma hortênsia e olhámos para as vacas. O Rodrigo não se vai lembrar destes momentos, mas eu nunca os esquecerei.

In this time of the year, we must take advantage of every minute the sun is shining. Yesterday Rodrigo and I spent some time in the garden: we checked the progress of the quince tree (which was planted by Tiago and me two years ago and has given us no fruits whatsoever so far), touched the prickly holly leaves, contemplated the views and the silence, played with an hydrangea head and looked at the cows. Rodrigo won't remember these moments but I shall never forget them.

(photos: Constança Cabral)

19 comments:

Mona Gouvea said...

Que bebe mais lindo...

a andorinha said...

Mas estas fotografias ficam como recordação ... :)

Só sedas said...

Pode não ser consciente deles mas eu acredito que aprende a apreciá-los e que lhe irão moldando a sensibilidade :) Está lindo!

at.home.ideas said...

Lindas as fotos*

http://at-home-ideas.blogspot.pt

Maria Oliveira said...

Olá! Para quando é a ida para a Nova Zelândia? bjinhos

Sue said...

It was a few years before my quince tree fruited. You will have to plant one in New Zealand.

TERRA DE CORES said...

O Rodrigo está cada vez maior e mais bonito!

São momentos desses, simples e tão vossos, que nunca se esquecem :)

Bj

miriam said...

ele é do mais lindo possível! =)

IzzyR said...

when do you leave for New Zeland or are you already there ?

otsaid said...

olá constança..

entao já andas nas despedidas.?. parece um post triste.. nao fiques..
a vida dá muitas voltas.. e talvez encontres um sitio que te apaixone tanto ou mais que esse.. embora toda a gente consegue ver a vossa paixao pelo local e todos vemos a beleza pelas fotos...

quanto àquele assunto dos enchimentos, aki pelos vistos tambem está dificil.. no domingo vou ao porto e vou ver se falo com alguem que te/nos possa ajudar.. um beijinho grande

Analog Girl said...

Fiquei com um apertozinho no coração ao ler-te... As despedidas custam sempre, mas acredito que têm muito pela frente, muita coisa boa para viver.
O Rodrigo está cada vez mais giro! :)

SusyTheRabbit said...

deliciosamente bucólio este post assim como o de pão de ló. fiquei com vontade de ir para casa e abraçar a minha avó!

Inês Santos said...

Bom Dia, já o disse mas volto a dizer... adoro o teu blog, adoro o que fazes e a dedicação com que o fazes... gosto mesmo muito! :)

lansucci said...

Lágrimas...de alegria ao ver imagens lindas das quais, com certeza, também terei saudade. Ainda bem que o protagonista das fotos continuará a "atuar" nas próximas edições. Isso sim não daria pra ficar sem, sim Concha? Aproveite muito tudo por aí. Bjinho

30anoseumblogue said...

adorei :)

Filipe Gouveia de Freitas said...

Eu acredito que o seu pequeno possa até não se lembrar destes momentos, mas também acredito que de alguma forma as memórias ficam lá.

by Deva said...

Os dentinhos dele, que máximo!

Anonymous said...

Madre mía! Qué guapísimo está Rodrigo!!!
Se le ve muy divertido y pillo con las hidrangeas.
Está precioso; un abrazo desde Madrid
María José

Ziza said...

Memórias são tudo em nossas vidas! Com certeza ele lembrará, sim. Que linda essa paisagem, e que sauddes do inverno, aqui no Brasil é quase verão c temperatura de trinta e tantos graus :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...