28 October 2013

Em Ponto Pequeno :: Small Scale Objects






Desde pequena que gosto de brinquedos que funcionam mesmo. Ferros que aquecem, aspiradores que trabalham, e por aí fora (alguns potencialmente perigosos, é verdade). No fundo, o que eu gosto é de objectos em ponto pequeno. Em casa da minha avó havia (há) um mini tanque da roupa, uma mini tábua de engomar, um mini ferro eléctrico, um mini serviço de chá da Vista Alegre — tudo coisas que fizeram as delícias das gerações mais velhas e nas quais ainda gosto de mexer, confesso. Quando, no Verão, ia com a minha avó à lota de Sesimbra, levava a minha própria alcofinha (igual à alcofa da minha avó, mas pequena) e a senhora do peixe punha lá dentro um linguado para mim, que eu transportava toda orgulhosa até casa.

Agora que estou em Portugal, tenho batido todas as feiras, drogarias e lojas de artigos de cozinha em busca de miniaturas. Quanto mais toscas e saloias, melhor. Tachos de esmalte, panelas de alumínio, uma almotolia igual à que temos na nossa cozinha, fervedor de leite, cafeteira, passadores... só a tábua e o rolo da massa é que são brinquedos, tudo o resto é mesmo a sério. 

Já juntei uma bela colecção, que foi dividida entre o Rodrigo e as primas gémeas que acabaram de fazer 1 ano. As gémeas receberam os seus utensílios dentro da alcofa de palha. Não acham que foi um presente giro?


Ever since I was a child I've enjoyed real working toys. Irons that get hot, vacuum cleaners that work,  and so on (potentially dangerous, I know). I've now realised that I truly enjoy small scale objects. At my grandmother's there's a mini washing tub, a mini ironing board, a mini electric iron, a mini porcelain tea set — things that have been played with for decades and which still fascinate me. During the summer holidays I used to go along with my granny to the fish market and I'd carry a basket similar my granny's, only smaller, and the fish lady would place a little sole inside it. That used to make my day!

Now that I'm in Portugal I've been searching through every market, old grocery stall and kitchen shop for little kitchen objects. The simpler, the better. Enamel pots, aluminum pans, a traditional olive oil container just like the one we've got in our kitchen, an old fashioned milk boiler, a coffee maker, a couple of strainers... only  the wooden board and dough roller are meant to be toys — everything else is "for real".

I've amassed quite a collection, which has been divided between Rodrigo and his twin cousins who've just turned one. The twins got their kitchen kit inside that basket in the last picture. Don't you think it was a nice present?

(photos: © Constança Cabral)

18 comments:

  1. Muito giro! Com certeza será um "brinquedo" que lembrarão pela vida afora! Serão muitas horas de diversão garantida! Parabéns pela criatividade! Amei! Beijos, Karin

    ReplyDelete
  2. ADORO! Sempre foram os meus brinquedos preferidos, aqueles que mais se assemelhavam a realidade :)
    http://allaboutmakemehappy.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  3. Super giro! Mas eu terei que olhar o dicionário para saber o que são algumas coisas. Nossos "Portugueses" têm suas divergências. :D
    É uma bela ideia para um presente diferente para minha (única) sobrinha. Vou sair à cata. Obrigadinha por compartilhar. Agora ficamos aqui a imaginar como são os objetos que você mencionou haver na casa da tua avó, rs.
    Bjinho desde o Brasil.

    ReplyDelete
  4. Adooooro!! Quando era pequenota caiu-me um dente e sonhei que estava a brincar com uma loicinha assim, toda catita em miniatura. Pois quando acordei tinha uma caixa ao meu lado com essa mesma loiça. :) Foi a fada dos dentes!!!
    Já dei também um conjunto à minha sobrinha!

    ReplyDelete
  5. Eu quando era miuda adorava brinacr com estas "peçinhas" pena ter dado as minhas primas mais novas que não as estimaram e já não existem.
    Adorei a originaidade da prenda das gemeas de certeza vão brincar muito!
    Bjs
    Dulce Barbosa

    ReplyDelete
  6. Adorei!!! Acho que o presente das gémeas foi altamente, tendo em conta que as minhas gémeas dão conta de todos os utensílios de cozinha cá de casa!!! Panelas mais pequenas nem as vejo (também não preciso, pois cá em casa somos 5, é tudo à grande!!!).

    ReplyDelete
  7. Adoro estes brinquedos!
    Ainda me recordo que uma das minhas peças preferidas de brincadeira era uma frigideira de duas asas, em esmalte azul, pequenina onde eu fazia bolos com terra e água :)

    São prendas mesmo muito originais :)

    ReplyDelete
  8. Que ideia tão gira!! Tal como a do livrinho do post anterior e todas as que nos contas aqui. Gosto muito de visitar o teu blogue.:)

    Beijinhos,
    Olivia

    omundopelaboca.blogspot.com

    ReplyDelete
  9. Eu acho super giro, até porque sendo uma coleccionadora de bonecas e afins, fico completamente louca com essas coisinhas. E sou como tu, gosto muito mais quando os objectos são dos mesmos materiais que os verdadeiros, do que aqueles brinquedos de plástico em cores psicadélicas. Cheguei a comprar para as minhas primas miniaturas de tachos naquele esmalte sarapintado :)

    ReplyDelete
  10. espetacular, também tive e tenho guardadas algumas relíquias, mas o que queria mesmo saber é : inde encontraste as canecas de esmalte? tenho corrido feiras e mercados e nada !

    obrigada e beijos

    ReplyDelete
  11. Um presente encantador! Fez-me lembrar de imediato, a minha infância e a máquina de costura (uma miniatura antiga) com que brincava. :)

    ReplyDelete
  12. Que presente original!Quando era miúda também me divertia com as miniaturas. Fiz muitos bolos e bebi muito chá!

    ReplyDelete
  13. Adorei a ideia, aqui em Vila Real de trás-os-montes ainda se encontra algumas drogarias com esse tipo de artigos.
    No outro dia fiz uma tarte e a minha filha fez um igual numa forminha mais pequena, ela adorou...

    ReplyDelete
  14. Muito giro! E muito mais resistente que os plasticos que se encontram nas lojas de brinquedos. Que boa ideia!

    ReplyDelete
  15. Adorei! A Beatriz tem uma alcofa igual e um carrinho de compras pequenino. Quando vamos ao mercado leva sempre o seu carrinho. Para além da graça de vê-la tão feliz é um mote de conversa com todas as vendedoras e clientes. O Rodrigo parece bastante divertido: conheço aquele brilho nos olhos!

    ReplyDelete
  16. Para além de ser uma apaixonada por "nanocoisas", confesso que achei imensa graça a este post. Adoro toda a criatividade e o constante redescobrir de novos mundos na simplicidade das coisas (é um dom!).
    fico a aguardar por mais novidades vossas e aproveitem bem o "nosso bom Sol"! beijinho de uma tuga que anda pela noruega =)

    ReplyDelete
  17. Adorei a ideia, até porque ando sempre à procura desses "artigos domésticos" para comprar para a minha filha(e, no fundo também para mim confesso :-)). Tento sempre comprar o mais próximo possível da realidade, mas não me tinha lembrado de comprar artigos "a sério" em ponto pequeno.
    No Gerês também comprei essa tábua e rolo da massa e ainda pelo Norte, comprei também uma vassoura e pá de madeira. Há pouco tempo também lhe comprei uma dessas cestas tradicionais. Quanto mais tradicional e antiquado for o artefacto, mais gosto!

    ReplyDelete
  18. Olá!
    No meu passeio blogosférico, passei por este seu cantinho, pois já havia algum tempo que não postava comentário.
    Gostei de rever o seu blog, continua com bonitas publicações.
    Abraço cá do Algarve.
    http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

    ReplyDelete

Thanks for your comment; do come again soon!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...