21 July 2014

Alcofa II :: Moses Basket II






Há dois anos comprei e forrei uma alcofa para o Rodrigo (podem revê-la aqui). Apesar de ter gostado bastante dela (sobretudo porque foi forrada com um lençol dos meus avós), tive alguma pena, por um lado, que não fosse mais funda e, por outro, que não tivesse varão para um véu. 

Há um ano, já na Nova Zelândia, deparei-me com uma alcofa antiga numa venda de garagem e não resisti a comprá-la. Uns meses mais tarde, mandei fazer um colchão e forrei-a, desta vez com duas fronhas de travesseiro do enxoval da minha bisavó. Para o véu usei uma cortina de cassa que em tempos esteve pendurada na janela do meu quarto em casa da minha mãe. 

Como já devem ter reparado, tiro um enorme prazer destes reaproveitamentos, tão práticos quanto sentimentais... Como é bom conseguir prolongar o uso das coisas ao longo das gerações! 


Two years ago I bought and lined a moses basket for Rodrigo (you can revisit it here). Even though I was perfectly happy with it (especially because I made the liner using an embroidered bed sheet that used to belong to my grandparents), I always felt a bit sorry that: 1- there was no canopy, and 2- the basket wasn't a little deeper.

A year ago, here in New Zealand, I came across an old wicker bassinet in a garage sale and couldn't resist the urge to buy it. A few months later, I ordered a custom mattress and I lined it, only this time around I used two linen pillowcases that were part of my great-grandmother's trousseau. For the canopy I used a curtain that once hang in my own bedroom at my mother's. 

As I'm sure you've already realised by now I take great pleasure in repurposing these things... for me it's as practical as it is sentimental. I love being able to prolong the use of things across my family's generations!

(photos© Constança Cabral)

14 comments:

Marta said...

A alcofa ficou tão bem, Constança! Adoro a forma como reciclas tudo e mais alguma coisa!
As minhas duas filhas tambem dormiram em berços muito antigos quando eram bebes: a Teresa numa cama Dona Maria (miniatura!) onde já dormiram varias gerações e a Ines numa alcofa de passeio (daquelas com rodas enormes) que era dos meus primos mais velhos porque a cama ja estava ocupada por uma prima que nasceu um mês antes...
Tenho a certeza que o bebé novo se vai sentir muito confortavel na sua "nova" cama! E dormir muito bem toda a noite...

Paula Carvalho said...

Tenho um anjinho igual...Adorei a ideia de o aplicar na alcofa.

Atina AlGa said...

Lovely!

Joana I. said...

Lindíssima, sem falar no valor sentimental dos tecidos utilizados! Que durma muitos soninhos bons nesta alcofa de sonho. :)

trapos a voar said...

Ficou tão bonita como a primeira mas mais...romântica! Lindas as duas!

sou Bárbara said...

Um encanto!! Que proporcionem bons sonhos ao pequeno!

malu said...

Constança, admiro muito seu trabalho e a maneira que cuida da decoração de seu lar. Tudo simples e singelo, porém feito com muito amor. Seu trabalho poderia servir de inspiração para alguns papais e mamães que tentam transformam o quarto de seus filhos em verdadeiros cenários mirabolantes. Às vezes, me parece que a decoração é mais importante do que o bebe que está para chegar. Continue assim, presenteando sua família e nós, suas admiradoras, com o carinho de sempre. Abraços, e como se diz aqui no Brasil, " tenha uma boa hora"( hora do parto).

Anonymous said...

Ooh reminds me of the one in Rosemary's Baby ..

Anonymous said...

Querida Constanca, que bonito e qu eboa maneira de manteres mem'orias contigo!

Um grande beijinho de Hamburgo enquanto nao escrevo uma carta mais longa, T

Priscila Sant'Anna: said...

Que delicadeza!
Encantador em cada detalhe.
Parabéns!
Bjs
Priscila Sant'Anna

Donna Pri said...

Ola Constança! que alcofa mais linda, nunca vi aqui no Brasil, aqui usamos muito berço tradicional, mas esse seu esta lindo!
Acompanho seu blog ha muito tempo, um pouco antes de seu filho Rodrigo nascer, fico encantada com o amor e dedicação que você faz suas costuras e quilts e qualquer coisa que faça se torna muito especial!
Desejo que seu bebê venha com muita saúde, que sua familia seja ainda mais repleta de luz!
beijo grande do Brasil
Priscil

Inês said...

Adoro esses reaproveitamentos, tem sempre uma história por detrás. Mas deve andar sempre carregada de tecidos e por todo o mundo!!

Anonymous said...

Olá Constança,
Que lindo bercinho, com um anjinho e tudo. Vi no jornal "O Público" um artigo muito triste ("Infâncias de Vitrine") em que apareciam fotos antigas com uns berços que me parecem iguais.
Gosto especialmente do teu, feito com tanto encanto. Gosto especialmente como transformas em coisas práticas, úteis e actuais coisas antigas para muitos sem valor.
Como se diz na tua Lisboa "uma hora pequenina", e muita felicidade para a tua bonita família.
Bjs, Teresa

Eliane - Estou a Conhecer said...

Olá Constança,

Descobri ontem o teu blogue por aconselhamento que uma outra blogger e fiquei maravilhada.

Ao ler este post identifiquei-me tanto, pois a minha mana vai ter a primeira bebé da família e então os aproveitamentos de gerações passadas, incluído nós tem sido uma delicia. Parabéns pelo blogue, é delicioso ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...